Roda de conversa/ workshops/oficinas

Laboratório Performativo Teatral Afro-brasileiro (LPTAB).  Praticas de leituras, de escrita, de contação de histórias, de mediação cultural, formação e capacitação.

Publico alvo:  Profissionais do ensino pre- escolar e ensino fundamental, alunos do magistério, alunos da graduação – licenciaturas, artistas, animadores, articuladores e mediadores culturais.

 

Projeto: “Ritmar palavras, musicar o corpo e colorir o mundo”

Percursos lúdicos e praticas pedagógicas a partir do livro “Giocando con il Samba” autora, Dayse Angela do Nascimento Azevedo. Ed. Sinnos, Roma Itália.

Relatos de experiências realizadas pela autora em escolas publicas do município de Roma, Itália.

Destina-se aos(as) alunos(as) do curso magistério e aos profissionais do ensino, em exercício, do ensino pré-escolar, ao ensino fundamental, 1° ano.

FB_IMG_1541110942974

 

 

Projeto: Livro Vivo Iterante Formação professores(as)

Fotos: Professoras de escolas publicas italianas, em Roma- Itália. Parceiros: Fórum Per L’Intercultura, Prefeitura de Roma.

O percurso metodológico do curso está fundamentado a partir de três temas de base à vida do humano, a saber: A) Educação ambiental (corpo: memória, imagem, identidade e, relações humanas) B) Educação alimentar (agricultura e cultivo biológico em comunidades tradicionais) C) Socialização (políticas publicas, economia e desenvolvimento sustentável).

Fotos: Professoras(es) do município do Rio de Janeiro. Local: Prof. Dyla da Sylveira de Sá. Campanha Paixão de Ler – Trilhas Literárias 2018.


Projeto:    “Esse Corpo Que Nasce”

Atividades desenvolvidas em 2019. SESC Santa Luzia.

Encontros de atividades lúdicas (artístico-cultural) – Práticas pedagógicas do teatro contemporâneo a partir do livro “A Estética do Oprimido” de Augusto Boal (1931 / 2009). Rio de Janeiro: Garamond, 2009.

 Atividade que visa evidenciar o corpo negro por meio de jogos teatrais (ritmo, vocal e corporal). Busca-se difundir metodologias de educação Intercultural e Interdisciplinar por meio de praticas de Pedagogia Teatral Afro-brasileira (LPTAB) para  conscientizar e  combater o racismo.

  • Desconstruir o olhar formatado
  • Acolher a diversidade
  • Discutir diferentes narrativas de inclusão/exclusão, dos  corpos pretos, nos espaços  da cidade.

 

Projeto:   Viagens Diaspórias Segundo o Olhar de Luiz Gama

Por meio da contação de histórias de viagens, entre biografia e narrativa ficcional, o artista performer portará o público, através de ritmos e de jogos lúdicos e teatrais, a conhecer o percurso da Diáspora Africana em território brasileiro. Nesse processo destacaremos alguns poemas de Luiz Gama (1830-1882) que nos conduzirá ao tempo de antes, a colonização, ao tempo de hoje, o contemporâneo. Temas a serem problematizados: as relações humanas, mito da democracia racial, racismo estrutural e institucional.

Justificativas

Luiz Gama, apesar de ter vivido no séc. XIX, sua obra é bastante contemporânea. Seus pensamentos ainda estão presentes em nossos dias, quando nos leva a refletir sobre os modos de ver e de pensar o outro, ele nos remete ao conceito de raça – biológica, discriminação racial e ao mito da democracia racial.

Dos benefícios

 São diversos os benefícios que a palestra/performativa teatral poderá proporcionar aos seus participantes. Não só para os alunos, mas como também, para os(as) professores(as), na medida em que servirá como complemento pedagógico aos seus  planos de aula, contribuindo  na implementação de práticas metodológicas do fazer teatral, voltadas as pesquisas de temas ainda não introduzidos no currículo escolar, à exemplo: a literatura negra por meio da obra de Luiz Gama.

Público favorecido:   ensino médio, magistério, profissionais da educação em exercício.

 Objetivos

  • Identificar o percurso afro-diaspórico, analisando o lugar das relações étnico-sociais no território brasileiro.
  • Promover e difundir a cultura afro-brasileira por meio de alguns poemas de Luiz Gama.
  • Solicitar a participação e contribuição dos professores (as) para melhor entender as relações socioculturais expressas no espaço de convivência (sala de aula).

Projeto:  REVIVENDO COISAS NOSSAS”.

PROFESSORAS  DE ESCOLAS DO MUNICÍPIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. ANO 1995/96

Prefeitura do Rio de Janeiro, “Fundação Palmares” e  Ministério da Educação e da Cultura  no  “Paço Imperial” e na I ° , II° e III° “Feira da Cidadania” promovida pela Secretaria municipal de Desenvolvimento Social – SMDS  Prefeitura do Rio de Janeiro. Ver: Projeto: Formação Professores(as)

Depoimentos de professoras

“O trabalho apresentado por Dayse é de excelente qualidade, deve ser repetido.Com o método que ela usa qualquer pessoa dança, mesmo que diga que não goste de dançar como eu ouvi no grupo antes de iniciar o trabalho”.

I –  Sobre a  técnica utilizada na ocasião  do curso.

“Os exercícios foram ótimos, relaxantes, irá nos ajudar a enriquecer nosso trabalho com as crianças, e com nos mesmas. Enfim foi ótimo, a capacitação de expressões corporais e, esperamos que nos próximos encontros tenham também este tipo de exercício”.

Fonte:Ivone Ana, Simone, Rosangela, Maria Madalena, Luciana  Creche Comunitária Cantinho de Belém –ano 1996 .

“Gostaria de uma profissional como esta pelo menos 3 meses por ano, pela Secretaria Social de Educação e Cultura”. Fonte: Maria da Graça de Moraes 3951825 NOPH – Ecomuseu – Vida de Mulher, ano 1996.

“Valeu pelos minutos de descontração! Este trabalho com o corpo proporciona um bem estar físico, equilíbrio emocional, alivio do stress, enfim, gostaríamos de contar com o seu trabalho aqui na nona C.R: ok?” Fonte: Virginia Angélica da Silva, Meiry Márcia Mota dos Santos, Ana Paula,  Almeida A. Saide, Suely Rocha Domingues –  Técnicas da C.R.22 – Vila Isabel

“Achei a aula interessante, fugiu totalmente do tradicional e isso me deixou a vontade. Criei movimentos que nem imaginava”… “Seria necessário que este trabalho tivesse continuidade …” Fonte: Mery lúcia de Souza – Creche Comunitária Marcelo C. Tomi C.R52

“Achei ótimo, pena que o tempo foi mínimo. Acho que se  aprimorarmos esta técnica, o nosso trabalho em relação as crianças, seria mais proveitoso.” Fonte:  Nivea Berg – Creche St° Antonio

“As atividades vivenciadas não foram novidades para mim, que trabalho com o corpo, Ed.Física, dança e a parte emocional através da psicopedagogia e psicanálise. Estas atividades foram passadas pela prof. Dayse de forma muito enriquecedora contribuindo muito para o meu desenvolvimento profissional e crescimento pessoal. Espero que continue … Parabéns Dayse!” Fonte: Marilena Lima Carrilho – Curso “ Revivendo Coisas Nossas”

“A Técnica de massagem ensinada é importantíssima não só como prática em alunos, como também em nossa vida diária. A professora consegue uma comunicação incrível com o grupo. Gostaria que houvesse mais cursos deste nível. Importante, eficiente, aproveitável…
Estou adorando! “ Fonte: Lourdes da Silva – Curso “ Revivendo Coisas nossas” 

““Acho que estamos precisando, relembrar “ nossas coisas”, pois ficamos “presos” e não conseguimos coisas novas, “atividades”. O aluno precisa de coisas novas, para isso precisamos de reciclagem. Eu acho  que o caminho é este. Atividades simples, que envolvem a sensibilidade emocional, corporal e principalmente a socialização”.     Fonte: Noemia Lourdes da Silva Dos Santos – Curso “ Revivendo Coisas Nossas”

“As crianças vão adorar e é muito importante para elas.” Fonte: Martha da Silva Ambrosio – Andorinha I 

“Sua oficina é excelente. Dá um bem estar muito grande, levanta a auto estima, é em diferentes aspectos, super positiva. Trabalhar a consciência corporal é fundamental. Quando nascemos não é através dela que tomamos contato com o mundo e nos comunicamos ? Vamos continuar a resgatar o nosso corpo como meio de comunicação e expressão. Para o educador é fundamental. Obrigada!” Fonte: Maria Francisca  – Curso “ Revivendo coisas Nossas”

“A Oficina está sendo maravilhosa pois a professora tem muita competência, fazendo com que a oficina transcorra tão gostosa que nem sentimos o tempo passar.” Fonte:   Sueli Dantas

“Foi muito bom pois consegui captar muitas energias positivas. Parabéns!… Alem de relaxar é educativo” Fonte: Ana Maria de S. Pedro e Alessandra Carmem respectivamente –  C.C. Águia de Ouro.

II-    Do bem estar geral

“Relaxante, me senti bem mais leve, descontraí.” “Achei os exercícios muito bons, é bom trabalhar o corpo e a mente”. “Adorei esse trabalho deixa o corpo mais leve e fica mais descontraído”. “É uma sensação muito boa de liberdade para se trabalhar. Achei ótimo e me senti mas leve depois dos exercícios.” Fonte: Regina Maria Pares, Luci Cleide, Teresa Cristina, Roberta, respectivamente –  Creche  Guadalupe 

“Nos gostamos muito da oficina corporal, relaxamos e nos divertimos. Queremos repetir!” Fonte: Claudia Pereira, Sandra Maria Marinho Rodrigues, Rossara Almeida, Neuza Farias da Silva, Leonor da Silva Salgado, Isabel Cristina Custodio, Cleia Cristina Verinica de Oliveira – Creche Comunitária L. C. Prestes   C.R. 33.(ano ?)

“Foi maravilhoso esquecemos por alguns momentos os problemas.” Fonte: Regina Célia V. de Figueiredo- Creche C. Da Amizade

“Foi muito bom, minha dor de cabeça ate passou, valeu a pena! “ Fonte: Ana Lucia Richard (Odetinha)

“Adorei foi relaxante demais espero ter que repetir outras vezes.” Fonte: Lucia de Fátima Costa ( Cemasi- encontro)

“Achei muito interessante, um grande relaxamento. Enquanto estava dançando não pensei em nada. Deveria ter mais vezes, não somente no final do ano.”. Fonte: Ângela Maria Pereira –  Creche Comunitária Rio das Pedras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s